RETINOPATIA DIABÉTICA

Uma das mais frequentes complicações do diabetes, a doença resulta de alterações dos vasos sanguíneos, que causam má circulação na retina. Essa complicação impede a nitidez da visão. Com o passar do tempo, a possibilidade de desenvolver a doença aumenta. Ela está presente em 90% das pessoas diabéticas há mais de 15 anos.

QUAIS SÃO AS CAUSAS?

Ter diabetes é o principal fator de risco e, quanto mais tempo a pessoa for diabética, maior o peso desse fator.

Se a glicemia (quantidade de açúcar no sangue) não estiver sob controle, as chances de desenvolver a doença aumentam.


QUAIS SÃO OS SINTOMAS?

Os sinais variam de acordo com o estágio da doença, mas os mais frequentes são: visão borrada, percepção de pequenas “moscas” voando ou flashes sendo disparados e perda repentina de visão.


COMO A RETINOPATIA DIABÉTICA AFETA O DIA-A-DIA DO PACIENTE?

Como o avanço da doença é gradual, os prejuízos à vida diária também aumentam com o tempo, podendo até gerar dependência total e a necessidade de abandonar certas atividades, inclusive o trabalho.


COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO DA DOENÇA?

O diagnóstico pode ser feito por meio de exames rotineiros. No diabetes tipo 1, o primeiro exame oftalmológico anual deve ser feito após cinco anos de tratamento e , no diabetes tipo 2, os olhos devem ser examinados assim que o paciente recebe o diagnóstico.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

GLAUCOMA

DMRI

ACREDITADO E CERTIFICADO

19 3523.4451

Av. 26, 334

Vila Aparecida

Rio Claro - SP | 13500-535

Segunda, Quarta e Quinta

7h30 às 18h

Terça e Sexta

7h30 às 17h30

  • Facebook
  • Youtube
  • Google Maps

AJUDANDO VOCÊ A VIVER MELHOR

Responsável Técnica: Dra. Cilene C. Cerri Ahmad CRM:85402