Mapeamento de Retina

Exame


A análise clínica da retina – mapeamento de retina – é composta de dois exames: a oftalmoscopia binocular indireta (OBI) e a biomicroscopia de fundo. A oftalmoscopia binocular indireta utiliza um aparelho com fonte de luz adaptada à cabeça do médico. Ele projeta essa luz no fundo de olho do paciente e sua imagem refletida é captada numa lente segurada pelo médico. A biomicroscopia de fundo é realizada com o paciente sentado no aparelho –lâmpada de fenda – e o médico utiliza, em geral, uma lente especial.

Esses são exames fundamentais e são os mais utilizados para o diagnóstico e acompanhamento dos problemas da retina, pois permite a visão detalhada, de todas as estruturas da retina, nervo óptico e vítreo, inclusive alterações na periferia da retina.


O mapeamento de retina deve ser realizado em todas as pessoas pelo menos uma vez ao ano, pois vários problemas de retina só se manifestam clinicamente em estágios avançados e esse exame permite o diagnóstico precoce das alterações causadas por uma série de doenças.

 

Possíveis nomenclaturas: Fundo de Olho; Fundoscopia ou Oftalmoscopia Indireta.

Qual a função deste exame?

O Mapeamento de Retina tem a função de mapear toda a estrutura da Retina, Nervo Óptico, mácula e vasos.

Qual a indicação?

Indicado para avaliar e acompanhar doenças oculares, como Descolamento de Retina, Doenças da Mácula, degenerações, tumores, oclusões vasculares, hemorragias e infecções patologias, além de ser útil na avaliação da evolução de patologias neurooftalmológicas e sistêmicas, como diabetes e hipertensão arterial. Este exame é indicado para avaliar a retina de forma global, dando especial atenção para a região periférica.

Informações:

Este exame é indolor.

Orientações:

O paciente deverá ir acompanhado, pois será necessário fazer dilatação da pupila.

Duração: aproximadamente 20 minutos, com período de espera estimado de 1 hora.

mapeamento_de_retina.png